| Publicado em: 09/02/2018

Trabalhadores protestam contra fim da aposentadoria

O protesto contra o retrocesso vai mais uma vez tomar as portas de fábrica e as ruas. Acontece no próximo dia 19 um novo Dia Nacional de Lutas contra a reforma da Previdência. O Sindicato convoca toda a categoria a participar e também a envolver suas famílias, vizinhos e amigos nessa luta em defesa da aposentadoria e da Previdência, para todos.

Greve Geral em 28 de abril de 2017 foi marco na defesa dos direitos dos trabalhadores contra as reformas

A data foi tirada em reunião entre Força Sindical, CSB, CTB, CUT, NCST, UGT, Intersindical, na quarta-feira, 31. A palavra de ordem do dia de protestos é “Se botar pra votar, o Brasil parar” e ela vai orientar panfletagens assembleias, plenárias regionais e estaduais, panfletagens, blitz nos aeroportos, pressão nas bases dos parlamentares e reforçar a pressão no Congresso Nacional, que irão ocorrer em todo o Brasil.

Na região de Osasco, os metalúrgicos  preparam uma série de manifestações nas portas de fábrica e também articulam com outras entidades a possibilidade de realizar protestos nas principais ruas das cidades da região. Isso porque, a reforma não corrige privilégios e ainda tira os direitos dos trabalhadores. 

O objetivo é fazer o Congresso recuar e não aprovar mudanças como a idade mínima para aposentadoria, aumento do tempo de contribuição, fim da aposentadoria por tempo de contribuição, entre outras, reafirmadas pelo governo nessa semana.

Os protestos também marcam um acúmulo de luta que vêm sendo construído desde o golpe contra a presidente Dilma Rousseff e que teve como um de seus pontos altos foi a Greve Geral, realizada em 28 de abril de 2016. O resultado foi o adiamento da votação para este ano.

© 2015 · Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região. Todos direitos reservados.

Rua Erasmo Braga, 307 - CEP 06213-008 - Presidente Altino, Osasco - SP - Brasil - Fone (11) 3651-7200 / Whatsapp (11) 96078-0209