| Publicado em: 09/08/2017

Instituto lança relógio da violência contra mulher

A cada dois segundos, uma mulher é vítima de violência física ou verbal. Só hoje 30.301 mulheres já foram agredidas física ou verbalmente. É o que mostra nesta quarta-feira, 9, até a publicação deste texto, o site “Relógios da Violência”, criado pelo Instituto Maria da Penha, em comemoração aos 11 anos da Lei. A campanha está no ar desde segunda-feira, 7, e tem o objetivo de alertar sobre o número de casos de violência contra a mulher no Brasil.

Até esta publicação, 30.301 mulheres tinham sido agredidas física ou verbalmente

Além de mostrar casos de mulheres que já foram agredidas física ou verbalmente minuto a minuto, a plataforma faz uma contagem das mulheres que foram insultadas, humilhadas ou xingadas; que sofreram ameaças de violência; que foram amedrontadas ou perseguidas; que foram assediadas e que até que foram vítimas de tiros.

No site também é possível encontrar material sobre debates sobre os tipos de violência. Para impulsionar o apoio a campanha, que ainda busca conscientizar a população para o ciclo da violência doméstica, o Instituto Maria da Penha lançou também a hashtag #tanahoradeparar. Veja mais aqui.

 

© 2015 · Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região. Todos direitos reservados.

Rua Erasmo Braga, 307 - CEP 06213-008 - Presidente Altino, Osasco - SP - Brasil - Fone (11) 3651-7200 / Whatsapp (11) 96078-0209