Só com participação social

Malas e caixas cheias de dinheiro. Briga entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Um presidente que se mantém no poder às custas da venda do patrimônio nacional e dos direitos dos trabalhadores. Esse é o retrato do nosso país, sob a presidência de Michel Temer. Até quando será assim?

Precisamos combater o desemprego e a queda na renda dos trabalhadores. Porém, países que adotaram as estratégias de flexibilização contidas na reforma trabalhista só pioraram a vida dos trabalhadores, com o crescimento da informalidade, achatamento da renda e fim da proteção social. É o que mostra estudo feito pela OIT (Organização Internacional do Trabalho), que analisou 642 mudanças nos sistemas laborais de 110 países, incluindo Grécia e Espanha, entre os anos de 2008 e 2014.

O Brasil precisa remar na direção do incentivo ao desenvolvimento, que olhe pela indústria, pelos empreendedores e no investimento em tecnologia. Nós queremos fazer a discussão da retomada do crescimento, mas tendo como base a garantia de direitos e justiça social. O modelo de Temer vai no sentido contrário e acentua a precarização.

Junto com os 2 milhões de metalúrgicos de todo Brasil, vamos fazer da próxima quinta-feira, 14, um marco na resistência ao ataque aos nossos direitos e àqueles que tratam o Brasil como sua propriedade. Um marco na defesa da nossa Convenção Coletiva e de fortalecimento do movimento sindical. O Brasil só melhora com participação social. Participe!

Diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região

© 2015 · Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região. Todos direitos reservados.

Rua Erasmo Braga, 307 - CEP 06213-008 - Presidente Altino, Osasco - SP - Brasil - Fone (11) 3651-7200 / Whatsapp (11) 96078-0209