FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

30 mil metalúrgicos mobilizados em Osasco e região

Por Auris Sousa | 07 out 2014

A mobilização por aumento real e ampliação de direitos chegou às metalúrgicas da zona Sul de Osasco, Carapicuíba e de Embu das Artes na terça-feira, 7.

Trabalhadores da região de Embu das Artes fortalecem luta por aumento real

É a quarta semana de manifestações da categoria. Ao todo, são 30 mil metalúrgicos mobilizados nos mutirões de assembleias, que na terça envolveu os trabalhadores de empresas como Meritor, San Rafael, Prodec, Açotecnica, Belgo, Mecano Fabril, Albras, Blum, entre outras.

As manifestações pressionam as empresas e os sindicatos patronais a apresentarem propostas e dialogarem em relação a pauta apresentada em setembro. As reuniões com os empresários já começaram e ainda não há propostas.

Por isso, a categoria também apoia a mobilização dos metalúrgicos do ABC, Campinas e Vale do Paraíba, cuja data-base é em 1º de setembro. “Com crise ou não, o discurso é o mesmo, de que não dá para dar aumento. Mas a luta dos trabalhadores não pode parar. Por isso, vamos unificar nossa luta em busca do aumento e de nossos direitos”, avalia o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, Jorge Nazareno.

A categoria também reivindica valorização do piso salarial, fim das terceirizações, redução da jornada para 40 horas semanais, estabilidade para delegados sindicais, entre outros itens da pauta.

Os trabalhadores das metalúrgicas da região de Osasco participam da Campanha Salarial Unificada, organizada pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, filiada à Força Sindical. A data-base da categoria é em 1º de novembro. São 700 mil trabalhadores mobilizados.