FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

À CNN Brasil, Cavalo fala sobre ampliação do limite de consignado para aposentado

Por Auris Sousa | 06 out 2020

As vantagens da ampliação do limite do empréstimo consignado para aposentados, de 35% para 40%, foram destacadas pelo diretor do Sindicato, Milton Cavalo, à CNN Brasil. A reportagem foi publicada nesta terça-feira, 6, no portal da CNN Brasil. 

Cavalo, que também é do Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados), alertou sobre os cuidados que devem ser tomados no momento em que o aposentado ou pensionista for fazer o empréstimo.  

Para ele, a extensão do limite é benéfica especificamente para os aposentados e pensionistas que já têm mais de 30% da renda comprometida com empréstimos, mas em outras linhas mais caras. 

“Muitos já estão endividados e acabam caindo no crédito pessoal, que tem juros bem maiores. Esses 5% de ampliação do limite, com juros máximos de 1,8%, pode ser um grande alívio”, disse Cavalo, à reportagem.

Cavalo destacou também a importância de pesquisar as condições em diferentes bancos, cooperativas e casas de crédito antes de fechar o contrato – “tem que tomar cuidado, tem várias instituições que oferecem juros menores que o 1,8% e dá para conseguir taxas melhores”, alerta.

O que mudou?

O governo ampliou de 35% para 40% a possibilidade de comprometimento da renda dos aposentados e pensionistas do INSS com empréstimos consignados, até 31 de dezembro.

Com as mudanças, os aposentados e pensionistas poderão comprometer até 35% do benefício com as parcelas do empréstimo propriamente dito, enquanto os outros 5% são destinados a gastos com cartão de crédito consignado – modalidade que debita a fatura todo mês diretamente do vencimento. Antes, eram 30% para empréstimos e os mesmos 5% para cartão de crédito.

Clique aqui e leia a reportagem na íntegra

Leia também:

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #13