FIQUE SÓCIO!
Comissão Municipal da Verdade de Osasco
COMPARTILHAR

CMVO faz desagravo a Hirant e vereadores por coações na ditadura

Por Cristiane Alves | 07 out 2015

As violações ao município de Osasco praticadas pela ditadura militar, com a retirada do prefeito Hirant Sanazar e a prisão de seus vereadores levaram a CMVO (Comissão da Verdade de Osasco) e a Câmara Municipal de Osasco a realizarem um desagravo e o reempossamento de Hirant ao cargo de prefeito, em sessão solene realizada na segunda-feira, 5, na Sala Osasco.

As investigações da CMVO trouxe à tona a história da saída de Hirant da Prefeitura. Mais uma das manobras praticadas pelos militares após o golpe de 1964 para cercear as liberdades. Hirant e os vereadores tiveram seu mandato interrompido por um IPM (Inquerito Policial Militar) e foram presos.

A ditadura só ordenou a liberação dos vereadores com a condição de que votassem pela não ocupação do cargo de prefeito (vacância), dando posse ao vice-prefeito. Segundo a Comissão da Verdade, com esta Sessão Solene a cidade de Osasco fará justiça ao seu primeiro prefeito, 50 anos após essa decisão ser considerada arbitrária. [Fonte: Prefeitura de Osasco]