FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

Diagnóstico precoce e conscientização são aliados na luta contra o câncer de mama

Por Auris Sousa | 08 out 2021

O câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, correspondendo, 29% dos casos no Brasil. O diagnóstico precoce e o tratamento oportuno podem salvar a vida de muitas pacientes. Por isso, é essencial que as mulheres estejam sempre atentas ao próprio corpo e não deixem de fazer os exames de rotina.

Um “caroço” na mama esquerda acendeu o alerta para a companheira Luzia Maria, que trabalha na Arbame. Em outubro de 2016, ao fazer o autoexame, ela sentiu o nódulo. “Foi um desespero muito grande, e fiquei curiosa para saber o que era aquele caroço. Tentei marcar consulta com o ginecologista, mas só consegui depois de uns vinte dias”, lembra ela, que dias antes teve consulta com o ginecologista.

Sem perder o sorriso e confiante na cura, Luzia segue tratamento contra câncer de mama

Após consultas e a realização de exames, em dezembro daquele ano ela recebeu a confirmação do diagnóstico: câncer de mama. A companheira descobriu que estava com dois tumores, que juntos mediam de cinco a seis centímetros. Para o seu tratamento, a mastologista recomentou iniciar com a quimioterapia, para diminuir os tumores e evitar a retirada da mama por completo.

“Na cirurgia, os dois tumores que somavam de cinco a seis centímetros, estavam com um milímetro. Olha só como Deus é maravilhoso. Deus não faz a obra pela metade, sei que vou ficar totalmente curada”, compartilha ela, que ainda está em tratamento: “pego remédio a cada seis meses, passo em consulta e repito vários exames”.

PREVENÇÃO

Para outras companheiras que estão recebendo um diagnóstico de câncer de mama, Luzia pede que não tenham medo e nem desistam. Também alerta as mulheres sobre a importância do autoexame. “Se toquem, se apalpem. Não tenham vergonha. O quanto antes descobrirmos, a chance da cura é maior. Faça os seus exames periodicamente. Se cuidem!”, orienta.

Para prevenção do câncer de mama, a Sociedade Brasileira de Mastologia recomenda fazer a mamografia a partir dos 40 anos, anualmente. E antes disso o ultrassom de mama também é muito recomendável porque é a melhor forma de prevenção.

A companheira Luzia fez seus exames e tratamentos pelo convênio, mas todos os exames também são oferecidos gratuitamente pelo SUS, e todas mulheres devem cobrar que eles sejam receitados e realizados, assim como o tratamento, caso seja necessário.  

Imagem autoexplicativa extraída do site da Agência Senado

Prevenção câncer de mama: Neste ano, você já fez os exames preventivos?

  • SIM (75%)
  • NÃO (25%)
  • Compartilhe este texto com suas amigas para incentivar o autoexame e a realização de exames de rotina. 

     

    Leia também:

    Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #

    Tradutor - Translator -Un Traductor