FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

Fábrica em Osasco tem primeiro caso suspeito de Coronavírus

Por Auris Sousa | 17 mar 2020

O Sindicato recebeu no início da tarde desta terça-feira, 17, a primeira notificação de caso suspeito de coronavírus (Covid-19) numa fábrica da região. Trata-se de uma companheira terceirizada da Meritor, em Osasco. O Sindicato acompanha o caso e vai buscar assistência das autoridades sanitárias da região.

Diretores reforçarm a importância de medidas coletivas e individuais para conter o avanço do coronavírus

Em assembleia, os diretores reforçaram a importância de cada trabalhador fazer a sua parte, tomando precauções necessárias para evitar o contágio. Tais como:

Lavar as mãos com água e sabão e/ou usar álcool em gel; cobrir o nariz e boca ao espirrar ou tossir; evitar aglomerações se estiver doente, não compartilhe objetos pessoais.

“São medidas individuais que podem e devem ser adotadas por todos. Em relação as medidas coletivas, o Sindicato também tem cobrado ações por parte das empresas. Neste momento de expansão do vírus, todos precisam fazer a sua parte, para evitarmos um dano ainda maior”, alertou o secretário-geral do Sindicato, Gilberto Almazan.

A trabalhadora, que não faz parte da categoria, atua no restaurante da empresa, que já adotou as principais medidas sobre o caso. Ela apresentou sintomas similares da doença (tosse e dificuldades de respirar) e teve contato com uma pessoa que teve a confirmação do vírus.

Enquanto aguarda o resultado do exame, a companheira ficará em isolamento domiciliar. Segundo a empresa, seguindo o protocolo da OMS (Organização Mundial da Saúde), o refeitório foi interditado para higienização do espaço e dos utensílios utilizados.   

Leia também: