FIQUE SÓCIO!
Sindicato na Imprensa
COMPARTILHAR

“Não saia de casa nesta sexta feira”, orientam os sindicatos

Por Diario Regiao | 28 abr 2017

Diferente dos atos de 15 de março, o foco agora é a greve geral e não manifestação nas ruas. Objetivo é o mesmo, contra reformas de Temer

“Não saia de casa nesta sexta-feira”. Essa é a bandeira, levantada pelo sindicato dos trabalhadores, para a greve geral, convocada contra as reformas Trabalhista e Previdência, do governo do presidente Michel Temer.

“Estamos orientados todos os trabalhadores a não sair de casa. Diferente dos atos realizados no dia 15 de março, quando fomos para a rua fazer manifestações contra a Reforma da Previdência, o foco agora é a paralisação geral”, explica Gilberto Almazan, secretário geral do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e região.

A categoria é uma das que aderiu à greve em toda a região. Também devem cruzar os braços os comerciantes, bancários, químicos, frentistas, motoristas e professores da rede estadual, dentre outras categorias. No caso dos metalúrgicos Almazan afirma que, desde a aprovação da adesão à greve em assembleia, no último dia 10, estão sendo feitos atos, nas portas de fábrica, para mobilização dos trabalhadores.

Ainda assim, ele não arrisca uma estimativa de adesão. “Estamos com os pés no chão. Se conseguirmos parar o País, o governo verá a capacidade de mobilização dos sindicatos e vai ouvir nossas reivindicações”, explica. “Por outro lado, mesmo que o movimento não tenha uma grande adesão, continuaremos essa batalha pela manutenção de nossos direitos. Estamos só no começo”, completa.

As reformas Previdência e Trabalhista tramitam no Congresso Nacional. Dentre os pontos mais criticados da primeira estão a elevação para 25 anos no tempo de contribuição para a conquista da aposentadoria, além de idade mínima de 65 para obter o benefício. A reforma trabalhista, por sua vez, tem como um dos pontos centrais que as convenções e acordos coletivos entre patrões e empregados possam prevalecer sobre a legislação. [Fonte: Diário da Região]

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #Ed 8

Tradutor - Translator -Un Traductor