FIQUE SÓCIO!
EDIÇÃO # 05
COMPARTILHAR

Sindicatos articulam estratégias contra desmonte da Fiscalização do Trabalho

Por Auris Sousa | 17 mar 2020

O Sindicato volta a se articular com entidades da região contra o desmonte da fiscalização do trabalho, o sucateamento da Gerência Regional do Trabalho, em Osasco, e o fechamento da unidade de Taboão da Serra. Para isso, cerca de 60 dirigentes, de diversas categorias, se reuniram na sede e criaram estratégias de luta. Entre elas, estão: reunião com a responsável pela fiscalização; e a unidade permanente pela manutenção da Gerência e dos quadros de auditores fiscais.

“Estamos na luta para evitar o aumento do desmantelamento da Gerência. Para isto, vamos tomar algumas atitudes e procurar autoridades para que nós possamos manter na região um instrumento contra os abusos e agressões aos direitos dos trabalhadores”, explica José Elias de Gois, presidente do Cissor (Conselho Intersindical de Saúde e Segurança de Osasco e Região).

Há algum tempo, os sindicatos da região denunciam o sucateamento da Gerência. No entanto, na esteira dos retrocessos iniciados no Governo Temer e aprofundados no atual governo, os problemas se agravaram. Sobretudo com a extinção do Ministério do Trabalho.

“A situação se agrava à medida que os dias passam. Quem mais sente as dificuldades e acumula prejuízos são os trabalhadores, que, além de serviços básicos, tem a própria vida ameaçada por falta de fiscalização”, ressalta o secretário-geral do Sindicato, Gilberto Almazan.