FIQUE SÓCIO!
EDIÇÃO # 7
COMPARTILHAR

Após acidente, trabalhadores da Rossini exigem mais segurança

Por Auris Sousa | 26 mar 2019

Diretores do Sindicato e trabalhadores da Rossini protestaram, em frente à empresa. Eles exigem mais segurança na fábrica. Isto porque um companheiro teve dois dedos prensados por um Torno CNC. O Sindicato vai solicitar à Gerência Regional do Trabalho a investigação dos fatos.

O diretor Carlos Eduardo conta que a vítima tem apenas um mês de trabalho na Rossini, e que os demais companheiros exigem que a empresa e o fabricante atestem que a máquina está apta a operar sem riscos aos trabalhadores. “É de extrema importância que as circunstâncias do acidente sejam apuradas com todo rigor, para que casos como este não se repitam”, destaca o diretor.

Diretor Carlos Eduardo fala sobre acidente na Rossini

Suicídio na Ctrens – O Sindicato acompanha as investigações sobre a morte de um companheiro da CTrens, que presta serviço de manutenção para a CPTM. O trabalhador, 35 anos, cometeu suicídio ao se atirar na frente de um trem em Carapicuíba, em 14 de março.

O Sindicato lamenta o ocorrido e alerta os trabalhadores sobre o suicídio. Segundo dados do Ministério da Saúde, em média, 11 mil pessoas tiram suas próprias vidas no Brasil a cada ano. Muitos são os motivos que podem levar uma pessoa a desejar a própria morte. Em muitos casos, os sinais são silenciosos. Vale apena prestar atenção nos seguintes comportamentos:

Tristeza persistente; postagens relacionadas a suicídio ou depressão profunda nas redes sociais; perda de interesse em atividades que antes davam prazer; fadiga; falta de energia; alteração no sono; irritabilidade; alterações no apetite; choro sem razão aparente; ideias de morte; dores e sentimento de inutilidade.

O CVV (Centro de Valorização da Vida) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, todas as pessoas que querem e precisam conversar podem entrar em contato pelo 188. É gratuito.

Sindicato lamenta morte do companheiro da CTrens

Anote na Agenda – Em 27 de maio, o Sindicato, junto a outras entidades sindicais, vai organizar atividade em “Memória às Vítimas de Acidentes”. Neste dia, assuntos importantíssimos vão entrar em discussão e o livro “Eternidade, a construção social do banimento do amianto no Brasil” será lançado. O evento vai acontecer na sede do Sindicato, a partir das 9h. Participe!