FIQUE SÓCIO!
EDIÇÃO # 15
COMPARTILHAR

Sindicato afasta trabalho precário na Konecranes

Por Auris Sousa | 02 jul 2019

A ação rápida e direta do nosso Sindicato poupou os trabalhadores da Konecranes, de Cotia, de conviverem com a precarização. O Sindicato conseguiu barrar o uso de mão de obra temporária na produção, assim que percebeu que a empresa começou a adotar a prática.

Quando não negociado com o Sindicato, o formato de contratação é problemático porque não garante aos trabalhadores os direitos da Convenção Coletiva da nossa categoria e também porque é uma forma de implantar a precarização prevista na reforma trabalhista. “A gente tem de ficar de olho porque senão a nossa categoria encolhe e os direitos também”, alerta o diretor Claudio Mattos.

Novos acordos de PLR

Com a força do Sindicato, a categoria amplia suas conquistas. Os acordos de PLR são exemplo disso. Na GE, em Jandira, por exemplo, a proposta aprovada prevê pagamento de até R$ 6.800.

Com a força do Sindicato, companheiros da GE fecham mais uma PLR

Também foram fechados acordos na GGB, Alulev, Bosch e Eletroluminar.

Na GGb, o acordo de PLR também é vitória

Diretor Lucas apresenta proposta de PLR para os companheiros da Alulev

Com apoio do Sindicato, trabalhadores da Bosch aprovam PLR

PLR aprovada na Eletroluminar

Pagamento em atraso na Huffix e Engretécnica

Tem empresa que acha que o trabalhador vive de luz, atrasa o pagamento e acha que os companheiros têm de trabalhar mesmo assim. Os companheiros da Huffix, de Santana de Parnaíba, decidem em assembleia nesta terça-feira, 2, quais serão os próximos passos da mobilização para cobrar o pagamento do adiantamento salarial em atraso. A empresa prometeu pagar na última sexta-feira, mas não cumpriu.

Trabalhadores da Huffix cobram pagamento atrasado

Já na Engretécnica, de Carapicuíba, os companheiros deram prazo até esta sexta-feira para que a empresa finalmente lhes pague; caso contrário, vão parar.

Trabalhadores da Engretecnica na luta por pagamento