FIQUE SÓCIO!
EDIÇÃO # 22
COMPARTILHAR

Senado aprova reforma da Previdência em primeiro turno e barra mudanças no PIS

Por Auris Sousa | 08 out 2019

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Ordem do dia.
Presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) à mesa conduz sessão.
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Os senadores aprovaram a reforma da Previdência em primeiro turno com 56 votos favoráveis e 19 contrários, na terça-feira, 1º. Mas a pressão dos trabalhadores já garantiu mais alterações importantes. Isto porque foi barrado as regras que concediam o pagamento do PIS apenas para trabalhadores que recebem até R$ 1.364,43 e ficou mantido para àqueles que recebem até dois salários mínimos.

O texto ainda vai passar por três sessões de discussão antes da votação em segundo turno, que pode acontecer na quinta-feira, 10.

A pressão dos trabalhadores em assembleias nas portas das fábricas e em atos já impediu que outras mudanças, como no BPC (Benefício de Prestação Continuada) e no valor das pensões por morte (menor que um salário mínimo) fossem para frente. Elas foram barradas ainda na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado.

Isso só reforça que é possível que mais mudanças que diminuam os impactos desta reforma na vida dos trabalhadores aconteçam. Para isto, a mobilização e pressão devem continuar. Você pode fazer isso pelas redes sociais ou ainda enviar Senadores_2019