FIQUE SÓCIO!
EDIÇÃO # 38
COMPARTILHAR

Deputados eleitos querem reforma da Previdência

Por Cristiane Alves | 30 out 2018

Os trabalhadores terão de ter muita organização e fazer muita mobilização e pressão sobre os parlamentares para derrotar uma nova proposta de reforma da Previdência que dificulte o direito a aposentadoria. É o que fica claro a partir do levantamento feito pelo jornal O Estado de S.Paulo: 44% dos novos deputados eleitos votariam a favor de uma reforma da Previdência, desde que não seja aquela encaminhada pelo governo Temer.

Isso significa que 227 dos deputados eleitos pretendem dar seu aval a reforma. Ainda sim, faltam 81 votos para chegar aos 308 votos necessários a uma aprovação na Câmara. Porém, o jornal ressalta: esse apoio é o maior já registrado na série de levantamentos realizados. Somente 59 dos novos eleitos se declaram contrários a qualquer proposta de reforma da Previdência.

A proposta vencedora nas urnas, a de Jair Bolsonaro, é de criar uma nova forma de contribuição para a Previdência, por capitalização. O trabalhador teria uma conta para onde seria destinado o recolhimento da contribuição para sua aposentadoria. Se ficar desempregado, por exemplo, não vai conseguir garantir os depósitos necessários. Porém, países que já adotaram esse modelo, como o Chile, já procuram alternativas, já que ele resultou no empobrecimento da população. Tudo mostra que 2019 vai começar com a defesa da aposentadoria.