FIQUE SÓCIO!
Campanha Salarial 2020
COMPARTILHAR

Metalúrgicos da região de Jandira aumentam pressão pela pauta de reivindicações

Por Auris Sousa | 15 out 2020

Desde a manhã desta quinta-feira, 15, o Sindicato percorre as fábricas de Jandira e Itapevi para mobilizar os companheiros pela pauta de reivindicações da campanha salarial. Entre os trabalhadores já organizados, estão os que trabalham na São Raphael, Gramtampa, Prodec, ForjaFix, Sears Seating, Wap Metal e Ficosa.

As ações organizadas hoje fazem parte do mutirão de assembleias, que já percorreu toda a base do Sindicato. “Encerramos esta etapa do mutirão com um saldo positivo. Reforçamos a organização em diversas fábricas e ela vai continuar. Os trabalhadores devem ficar atentos ao chamado do Sindicato”, afirma o presidente do Sindicato, Jorge Nazareno.

Durante as assembleias, os diretores passaram informações sobre as negociações com os grupos patronais. Até o momento, o comando de negociação já participou de duas rodadas com o setor de autopeças.

“O reajuste salarial é importante, mas a Convenção Coletiva também é, podemos dizer que é até mais importante. Já iniciamos algumas negociações e o setor de autopeças tem insistido em retirar da convenção algumas cláusulas que nós temos. A reforma trabalhista trouxe grandes alterações nos contratos de trabalho, as quais prejudicam muito os trabalhadores e nossa convenção protege a categoria delas. Por isso é essencial lutarmos pela manutenção dela”, explica o secretário-geral do Sindicato, Gilberto Almanzan, presidente eleito para o próximo mandato da entidade.

Neste sentindo, o mutirão de assembleias tem o papel de fazer com que as empresas pressionem os seus sindicatos para o fechamento do acordo salarial. Por isso a participação dos trabalhadores no mutirão e nas atividades criadas pelo Sindicato só tende a beneficiar o conjunto da categoria.

“A conquista só será garantida se tivermos unidade e estivermos organizados com o sindicato e nas fábricas. A organização por local de trabalho é essencial para avançarmos nas negociações e garantindo os nossos direitos”, destaca o diretor Sertório, que organizou a mobilização desta quarta.

Leia também:

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #13