FIQUE SÓCIO!
Campanha Salarial
COMPARTILHAR

Mutirão mobiliza mais de 7 mil trabalhadores

Por Auris Sousa | 12 set 2019

O mutirão de assembleias da Campanha Salarial chegou nesta quinta-feira, 12, as principais fábricas das regiões de Alphaville, Barueri, Carapicuíba, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus e organizou 3 mil metalúrgicos. No total, já são mais de 7 mil trabalhadores mobilizados em defesa da Convenção Coletiva, em dois dias da ação organizada pelo Sindicato que começou na quarta. A participação dos trabalhadores mostra a disposição de luta para pressionar os patrões e alcançar novas conquistas e melhorias nas atuais.

Organizados pela diretoria, companheiros de diversas fábricas, entre elas: Bosch, Notria, Unifilter, Robert Bosch, Arim, Eltra, Tuba, Irrigabras e Engematex pararam a produção por uma hora para defender a Convenção Coletiva.  

Nas portas das fábricas, os diretores falaram da importância da mobilização para garantir o aumento salarial e a renovação das cláusulas sociais da convenção coletiva. “É extremamente importante estarmos nas portas das fábricas para conscientizar os trabalhadores da importância da unidade e de construir estratégias de fortalecimento do Sindicato e do enfrentamento da retirada de direitos”, avalia o diretor Everaldo dos Santos.

Assuntos como política, economia, ameaças aos direitos e novas propostas para mudar a legislação trabalhista e as aposentadorias também foram destaques. “Enfatizamos aos trabalhadores a importância da categoria se mobilizar pela manutenção dos direitos e para combater os retrocessos”, conta a diretora Creusa de Oliveira.

Assembleia em 21/09

A diretoria também reforça a convocação dos trabalhadores para a assembleia de avaliação da pauta de reivindicações, que vai acontecer no dia 21 de setembro, no Metalclube, a partir das 10h.

Simultaneamente ao trabalho de mobilização, a diretoria do Sindicato está empenhada em garantir uma boa negociação na Campanha Salarial da categoria. Neste ano as dificuldades aumentam com a reforma trabalhista, com a liberação da terceirização das atividades fins, com as alterações nas normas que regulamentadoras do trabalho. Por isso o grande objetivo será conseguir manter os direitos já conquistados na Convenção Coletiva que têm beneficiado a categoria, assim como barrar qualquer tentativa de retrocesso dos direitos e precarização do trabalho, como, por exemplo, a terceirização e a jornada intermitente.

“Temos que ampliar e fortalecer a mobilização em nome dos nossos direitos. O fortalecimento da organização dos trabalhadores nos seminários, assembleias são determinantes para ampliarmos os direitos. A disposição de luta dos trabalhadores será fundamental para termos um bom resultado”, destaca.

Neste sentido o mutirão tem surtido efeito, segundo o diretor Dalmo dos Santos, “estamos mobilizando e esclarecendo os trabalhadores, que aproveitam para tirar dúvidas em relação aos direitos da Convenção que sobrepõem a CLT. Estamos realizando um ótimo mutirão”.

Campanha Unificada – Os metalúrgicos de Osasco e região participam da Campanha Salarial Unificada, organizada pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, que representa cerca de 750 mil trabalhadores.

Leia também: