FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

Após acidente fatal, trabalhadores da Cinpal pedem por prevenção

Por Auris Sousa | 23 fev 2022

Foi num clima de tristeza, despedida e de mobilização por prevenção contra acidentes que aconteceu na tarde desta quarta-feira, 23, assembleia na Cinpal Filial (Fábrica 2), em Taboão da Serra. Os diretores do Sindicato reuniram os companheiros para alertar sobre a importância de lutar por melhores condições de trabalho, as quais garantam segurança para todos. 

Diretor Marcelo destacou a importância da luta por um local de trabalho seguro

A assembleia foi motivada pela morte do companheiro Ailton Aparecido Duarte de Andrade, de 48 anos, que sofreu

Ailton era sócio do Sindicato

acidente de trabalho dentro da unidade, na terça-feira, 23. “Evidenciamos as condições às quais os trabalhadores estão submetidos e a importância de discutirmos a saúde e segurança no local de trabalho, continuaremos acompanhando e cobrando a solução dessa tragédia, para que outras não aconteçam”, destaca o diretor do Sindicato Marcelo Mendes. 

Na manhã desta quarta, diretores do Sindicato compareceram até a Filial (Fábrica 2) e, em seguida, solicitaram às autoridades competentes fiscalização com urgência. 

Solidariedade

A diretoria do Sindicato também levou solidariedade aos companheiros da Cinpal. Para o diretor Marcel Simões, o momento é delicado, e exige comprometimento da empresa e de órgãos competentes para evitar que mais acidentes aconteçam. 

“Perder um colega de trabalho nunca é fácil. Ailton era gente boa. Antes dele ir para o período noturno, a gente conversava bastante. Ele guardava na carteira mensagens agradecendo a Deus e pedindo proteção  para toda família”, recorda Marcel. 

Companheiros fizeram um minuto de silêncio em memória do companheiro Ailton

O Sindicato vai acompanhar as investigações para exigir providências por parte da empresa que garantam proteção, segurança, para todos os trabalhadores. 

Mídias Sociais

Nas mídias sociais do Sindicato, a categoria também se solidariza com a família e amigos de Ailton. Entre as mensagens do Facebook, por exemplo, uma delas destaca a triste realidade de quem perde a vida no trabalho: “mais um trabalhador e pai de família que perde a vida em busca de sustento para sua família… Triste estatística”, contínua: “Que essa tragédia possa ser investigada com justiça e dignidade…”.

Leia também:

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #Ed 8

Tradutor - Translator -Un Traductor