FIQUE SÓCIO!
Jorge Nazareno
COMPARTILHAR

Fortaleça a luta pela Convenção Coletiva

Por Jorge Nazareno - Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região 22 maio 2018

O Ministério do Trabalho divulgou nota em que esclarece que a reforma trabalhista vale para todos os trabalhadores, não importa se foi contratado antes ou depois da nova lei. Isso significa que as medidas ali previstas, que precarizam direitos, vale para todo mundo. Todo mundo menos os metalúrgicos de Osasco e região e do Estado de São Paulo. Isso porque em 2017 conseguimos renovar as cláusulas da nossa Convenção Coletiva e incluir proteções em relação a reforma trabalhista, por exemplo, proibindo que haja terceirizados na atividade fim da empresa.

Porém, o acordo fechado em 2017 tem prazo de validade, exatamente um ano. Portanto, não podemos achar que a guerra está ganha, porque não está. Temos diante de nós uma Campanha Salarial extremamente difícil, o que fica ainda mais claro pela pressão patronal sobre direitos como a estabilidade para vítimas de doenças ocupacionais (leia na p.4). Essa será uma Campanha Salarial marcada pela defesa da nossa Convenção Coletiva, que agora vale mais que a lei, oferecendo mais garantias. Lembrando também que outro prejuízo da reforma trabalhista foi acabar com a chamada ultratividade das Convenções Coletivas, ou seja, o acordo perde a validade em 1º de novembro e só volta a valer se houver renovação. Antes, permanecia valendo, enquanto durassem as negociações.

Vamos chamar em breve os companheiros e as companheiras para os seminários para definir as estratégias de luta. Ao mesmo tempo, o movimento Brasil Metalúrgico também se articula em defesa das convenções coletivas e do contrato coletivo nacional. A força da unidade entre os trabalhadores e destes com os seus sindicatos é a chave para mudarmos esse jogo. Portanto, participe da Campanha Salarial 2018, fique sócio do seu Sindicato e fortaleça a luta.