FIQUE SÓCIO!
Fausto Augusto Júnior
COMPARTILHAR

Inflação alta é culpa do governo

Por Fausto Augusto Júnior - Diretor técnico do DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos 19 out 2021

A inflação voltou a aterrorizar os brasileiros. Muitos dizem que isso não acontece só no Brasil e que a culpa é da pandemia. Sim, a pandemia mexeu com produção e oferta de bens, fazendo aumentar a inflação no mundo, mas, aqui, a situação tem a ver com as escolhas do governo.

A inflação chegou a 10,25% em 12 meses. Produtos e serviços essenciais como alimentos, combustíveis e energia elétrica puxam a alta.

No caso dos alimentos, o preço sobe por causa do aumento das exportações e do abandono dos estoques públicos reguladores. Esses estoques são quantidades de alimentos, que eram mantidas pelo governo e colocadas no mercado, na falta de alimento ou alta na demanda, regulando os preços.

Já a subida dos combustíveis, incluindo o gás, vem da atual política de preços da Petrobras, implantada pelo governo para garantir ganhos aos acionistas em vez do bem-estar da população. Até cozinhar a gás ficou impossível para milhões de famílias.

Numa explicação simples, o preço da energia elétrica sobe por causa da seca, que obriga o país a usar as termoelétricas e essas produzem energia por custo maior. Mas, olhando de perto, sobe por má gestão. O governo sabia da seca, mas não planejou. Em vez disso, cancelou horário de verão, incentiva o desmatamento e desarticula o setor elétrico, com a privatização da Eletrobrás.

O povo paga caro por tanta escolha errada.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #

Tradutor - Translator -Un Traductor