FIQUE SÓCIO!
Claudio Magrão
COMPARTILHAR

Somar ou dividir?

Por Claudio Magrão - Secretário Geral da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo 02 ago 2019

TAGS

É natural que governos tenham de mudar ou reformar estruturas políticas e econômicas que regulam a sociedade como um todo. No entanto, o que o atual governo vem fazendo não aponta em nada que esteja em busca de melhorias para os trabalhadores do país.

É impossível acreditar, por exemplo, que uma reforma da Previdência Social possa vir a beneficiar qualquer trabalhador ou garantir o futuro das novas gerações. É impossível crer que mudanças na legislação trabalhista que retiram direitos conquistados durante décadas pelos sindicatos e trabalhadores irão proporcionar uma sociedade mais justa. É completamente fora de questão que o desmonte da seguridade social ou da educação pública, possa ser algo que vá favorecer aqueles que mais precisam.

Destruir as estruturas da sociedade ou do Estado que possam garantir quaisquer meios de benefício social é o foco de banqueiros e detentores do grande capital e é apenas a estes que este governo está servindo.

O discurso governamental que polariza cada vez mais a sociedade não é à toa. Quanto mais divididos estivermos, menos teremos capacidade de reação.  Lavar as mãos ou apenas ficar atacando os que votaram neste governo não parece ser a saída. É preciso, mais do que nunca, buscarmos entender, esclarecer, somar muito mais do que dividir. Caso contrário corremos o sério risco de estarmos colaborando com a destruição de tudo o que conquistamos até hoje.