FIQUE SÓCIO!
Jorge Nazareno
COMPARTILHAR

Vamos nos proteger e vamos proteger o SUS

Por Jorge Nazareno - Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região 18 mar 2020

A pandemia do novo Coronavírus e seu avanço no Brasil reabre uma antiga discussão: a importância de defendermos o SUS (Sistema Único de Saúde). Há anos, o Brasil se destaca mundialmente ao superar o modelo do INPS/INAMPS que oferecia assistência à saúde somente a quem tivesse carteira assinada.

O SUS já é referência mundo a fora, imagina se tivesse grande investimentos. O fato é que o Coronavírus é uma realidade, a situação, se não for adotada medidas de proteção, pode se agravar e vamos ver o quanto nosso sistema de saúde vai responder, depois de sucessivos ataques e cortes sofridos. Exemplo, foi a decisão de Michel Temer, que em 2017, com o aval de deputados e senadores, restringiu os gastos com a saúde por 20 anos.

Esta restrição afeta a todos. Isto porque, mesmo àqueles que têm planos de saúde são beneficiados pelo SUS. Seja por ações de promoção e prevenção da saúde, controle das principais epidemias, acesso a medicamentos de alto custos, SAMUS, transplantes, entre outros procedimentos complexos, que muitas vezes são negados pelos convênios.

Neste momento, é necessário responsabilidade e compromisso de todos brasileiros para evitar um pico da infecção com uma curva muito acentuada, para não ter superlotação e falta de leitos para o atendimento. Neste sentido, adote as medidas de prevenção (leia ao lado). Todos devem tentar se manter saudáveis em respeito ao próximo e a nós.

O mesmo serve ao SUS. Para que o sistema avance, é fundamental a compreensão e participação dos brasileiros em sua defesa, exigindo dos governantes o financiamento e gestão adequada para sua efetividade.

Um sistema de saúde bem equipado, com uma grande cobertura nacional, muitos investimentos em pesquisa, em prevenção, além de integração entre munícipes, estados e governo federal, torna tudo mais fácil. Vamos nos proteger e vamos proteger o SUS.