FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

Reforma da Previdência é aprovada na CCJ da Câmara

Por Auris Sousa | 24 abr 2019

A CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) da Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira, 23, a admissibilidade da “reforma” da Previdência. Dos 66 parlamentares que votaram, apenas 18 foram contrários ao relatório do deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG). Os demais 48 votos foram favoráveis. Os partidos que compuseram a oposição foram PT, PSB, Pros, Psol, PDT, PCdoB, Avante e Rede

A principal polêmica durante a votação foi a imposição de sigilo nos estudos que embasam a reforma, à mando do Ministério da Economia. “Estamos votando uma matéria que mexe com a vida de milhões e o governo nos nega informações públicas. Imagina comprar um carro usado e não poder ver o motor. É tão óbvio, o governo não pode decretar censura, sigilo das informações”, disse o líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS).

A oposição afirmou que vai entrar com mandado de segurança no STF (Supremo Tribunal Federal) para anular o resultado da votação da CCJ. A medida se deve ao fato de o colegiado ter ignorado requerimento para suspender a tramitação do texto por 20 dias, que teria sido assinado por 1/5 dos deputados.

Comissão Especial

A Comissão Especial para discutir o tema vai ser composta nesta quinta-feira, 25. A comissão pode alterar, manter ou rejeitar o texto. Por isso que a pressão nas fábricas tem que crescer. Bem como nas redes sociais. Vale também mandar e-mail para os deputados, e pedir para que eles votem contra esta proposta, que dificulta ainda mais o acesso dos brasileiros à aposentadoria.

Leia também:

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #12