FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

Veja os deputados que votaram contra os trabalhadores

Por Auris Sousa | 29 mar 2017

Em tempo recorde, a Câmara dos Deputados aprovou em 22 de março a redação final do projeto de lei 4302/1998, que amplia a terceirização da mão de obra para todas as áreas das empresas, sejam atividades-meios ou atividades-fins.

De autoria do governo Fernando Henrique Cardoso, o texto aprovado é pior que o projeto em análise no Senado. Também amplia o prazo de duração do contrato de trabalho temporário dos atuais três meses para seis meses, prorrogáveis por mais três meses. Pelo texto aprovado, após o término do contrato, o trabalhador só poderá prestar novamente esse tipo de serviço à mesma empresa após esperar um prazo de três meses.

Para você saber quais são os deputados que votaram contra os interesses dos trabalhadores, listamos aqui para você aqueles eleitos por São Paulo. Agora, vale questionar cada um deles do porquê deste posicionamento. Você também pode pressioná-los para que votem contra as reformas trabalhistas e da Previdência. Clique aqui e acesse os contatos de cada um deles.