FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

Metalúrgico perde parte da mão em acidente na Isocab e Sindicato exige fiscalização com urgência

Por Auris Sousa | 28 abr 2021

Um acidente de trabalho na Isocab, em Carapicuíba, deixou o companheiro Antônio César sem parte da mão esquerda. O Sindicato tomou conhecimento do caso nesta terça-feira, 27, e já cobra da Gerência Regional do Trabalho, em Osasco, fiscalização com urgência.

Segundo denúncia feita por trabalhadores, o acidente aconteceu no dia 16 de abril, por volta das 15h, quando a mão de Antônio Cesar ficou presa num cilindro. A denúncia foi feita pelo SindZap.

“A empresa não comunicou o Sindicato. Já acionamos a fiscalização, já cobramos informações da empresa, entre elas a emissão da CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho), e queremos que providencias sejam tomadas para garantir que os direitos do trabalhador sejam respeitados e, claro, para que seja evitado mais acidentes dentro da empresa”, explica o secretário-geral do Sindicato, João Batista.

Vítimas de Acidentes

De 1970 a 2019, o país registrou 43,257.886 acidentes e doenças relacionados ao trabalho. Mais de 175 mil (exatos 175.458) morreram em consequência desses acidentes, de acordo com dados reunidos pelo Diesat (Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes do Trabalho).

Nesta quarta-feira, 28 de abril, lembramos o dia mundial em memória das vítimas. A data foi instituída em 2003 pela OIT (Organização Internacional do Trabalho), em referência à explosão que matou 78 mineiros nos Estados Unidos em 1969 – no Brasil, em 2005 foi aprovada a Lei 11.121.

“Este Sindicato sempre se preocupou com a saúde e segurança do trabalhador. Trabalhamos muito para levar informação e a importância da prevenção para evitar doenças e acidentes. Não podemos achar normal alguém perder parte do corpo, perder a vida num local que era para ser de sustento. Queremos respeito à vida e aos direitos de todos os trabalhadores, por isso que hoje, a partir das 18h30, vamos nos reunir numa live em conjunto com o movimento sindical da região para cobrar medidas de segurança, para cobrar punição, para defender a vida”, destaca João Batista. 

Você pode acompanhar a live pela página do Sindicato no Facebook.

CONTE PRA GENTE: Se acontecer algum acidente na empresa em que você trabalha, conte pra o Sindicato, garantimos o sigilo do seu nome. Você pode fazer a denuncia pelo SindZap (11) 9 6078-0209.

 

Leia também:

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #08

Tradutor - Translator -Un Traductor