FIQUE SÓCIO!
Campanha Salarial
COMPARTILHAR

Próximos seminários da Campanha Salarial acontecem em 16/10

Por Auris Sousa | 06 out 2021

Os próximos seminários da Campanha Salarial 2021 acontecem no dia 16 de outubro, a partir das 9h, nas subsedes de Cotia e Taboão da Serra. Os encontros acontecerão de forma simultânea e tem o objetivo de reunir os companheiros e companheiras destas regiões para discutir estratégias de mobilização pela pauta de reivindicações.

Tão importante quanto a criação da pauta e sua entrega aos grupos patronais é a consciência de que somente a mobilização fará com que os patrões atendam as nossas reivindicações. Este é o recado que os diretores darão na próxima semana no mutirão de assembleias que vai passar na quarta-feira, 13, pelas fábricas da região de Taboão da Serra e, na quinta-feira, 14, na região de Cotia.

O objetivo do Sindicato é ampliar a mobilização dos trabalhadores que já organizou 12.300 companheiros e companheiras no mutirão de assembleias que passaram na região de Osasco, Jandira, Alphaville e Barueri.

Participe das atividades da Campanha Salarial!

Seminários

Além do mutirão, também aconteceram outros dois seminários na sede do Sindicato, em Osasco. Neles, foram debatidos os eixos da Campanha e a atual conjuntura econômica e política do país.

No dia 25 de setembro, o Sindicato reuniu na sede metalúrgicos e metalúrgicas que trabalham em Osasco, Jandira e Itapevi. Nele, o técnico do Dieese, Victor Pagani, fez uma análise sobre o cenário econômico.

“O cenário para a Campanha é desafiador, mas também existe um movimento de recuperação da indústria, inclusive com novas contratações. Além disso, a projeção do PIB no estado de São Paulo (7,5) supera a do Brasil (5,6)”, resumiu Pagani.

No dia 2 de outubro, foi a vez dos metalúrgicos de Alphaville, Barueri, Carapicuíba, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus participarem do seminário regional. A alta nos preços, influenciado pela inflação, reforçou a necessidade de lutar por reajuste e mais direitos.

“Para repor o poder de compra da categoria, precisamos ter muita unidade e organização, para que os patrões levem a sério a nossa reivindicação”, enfatizou o presidente do Sindicato, Gilberto Almazan (Ratinho).

O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de agosto registrou alta de 0,88%. A inflação acumulada nos últimos 12 meses chegou a 10,42%, o maior desde 2003. José Silvestre Prado, do Dieese, explicou os fatores influenciaram no índice acumulado.

Leia também:

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #Ed 8

Tradutor - Translator -Un Traductor