FIQUE SÓCIO!
Diretoria do Sindmetal
COMPARTILHAR

Solidariedade aos companheiros Galo, Géssica e Biu!

Por Diretoria do Sindmetal - Opinião do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região 29 jul 2021

A diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região recebeu com indignação a notícia da prisão arbitrária nesta quarta-feira, 28, dos companheiros Paulo Galo, Géssica e Biu em decorrência de protesto na estátua do bandeirante Borba Gato. Expressamos também nossa solidariedade aos três.

Galo, que é uma importante liderança dos trabalhadores de aplicativo, dos entregadores(as) antifascistas e integrante do coletivo Revolução Periférica, teve sua prisão preventiva decretada pela Justiça, apesar de estar colaborando com as investigações e não demonstrar, de nenhuma maneira, que iria dificultar o andamento do processo. Além disso, sua esposa Géssica, com quem tem um filho de 3 anos, também foi presa, apesar de não haver nenhum elemento concreto de sua participação na ação.

A prisão dos dois, junto com o companheiro Biu, é uma clara tentativa de criminalizar e amedrontar aqueles que lutam contra o autoritarismo. Isso fica claro quando se percebe que essa agilidade para prender e julgar não é a mesma que vemos em outras situações, como as denúncias de corrupção no governo federal e, se focarmos na base, na falta de fiscalização aos acidentes de trabalho.

A diretoria do Sindicato reforça que não compactua com ações diretas contra patrimônio, sejam essas ações contra estátuas, bancos, prédios, entre outros. No entanto, reiteramos que é necessário discutir as homenagens que fazemos, porque é um erro grave que ruas, escolas e monumentos públicos carreguem nomes e rostos de figuras opressoras, como os bandeirantes ou os militares da ditadura.

A diretoria lembra a todos que teve forte participação na Comissão Municipal da Verdade de Osasco, cujas diversas recomendações incluíam a retirada de nomes envolvidos no golpe militar e sua substituição por homenagens para aqueles que defenderam a democracia. É nesse mesmo espírito que defendemos a liberdade dos companheiros e o debate sobre a retirada de monumentos antipopulares, como a estátua de Borba Gato, conhecido pelo apresamento de índios e por sua crueldade.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #19

Tradutor - Translator -Un Traductor