FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

Pré-conferência encerra formação de coletivos e delegados sindicais

Por Auris Sousa | 01 dez 2015

A importância da organização no local de trabalho foi reforçada no sábado, 28, durante a Pré-Conferência do Trabalho Decente de Osasco, que aconteceu na subsede de Barueri. O evento marcou o encerramento dos encontros em 2015 de formação para delegados sindicais e integrantes dos coletivos de jovens e mulheres.

A Pré-Conferência foi mais uma oportunidade de formação para as companheiras e companheiros, que receberam ainda mais informações sobre o trabalho decente nas indústrias, os eixos estratégicos da OIT e a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Temas que depois foram debatidos pelos participantes, que se dividiram em grupos.

[wppa type=”slide” album=”267″][/wppa]

De acordo com pesquisa realizada, neste ano, pela Rumo Desenvolvimento, apenas 5% dos entrevistados conhecia o significado do termo Trabalho Decente. No entanto, 41,5% dos entrevistados acreditam que sem pressão dos sindicatos, a agenda do trabalho decente não se tornará uma realidade.

Um companheiro do Liceu concordou. “Mas o Sindicato só consegue pressionar com a mobilização dos trabalhadores. Quanto mais sócios, mais o Sindicato fortalece a luta para a conquista dos objetivos dos trabalhadores”, avaliou.

Para uma companheira da Lumex, “o trabalhador só tem voz na empresa quando está do lado do Sindicato. É só o Sindicato para nos dar voz mesmo, se não, não tem jeito”.

Os trabalhadores também recebem informações sobre a campanha salarial e o rumo das negociações com o Grupo 10 (Lâmpadas). 

Encerramento das Atividades – O diretor Sertório reforçou que no próximo ano as atividades vão retomar. “O aprofundamento no conhecimento das leis e dos direitos dos trabalhadores é essencial para que possamos reforçar a organização e ações produtivas. A formação não pode parar”, reforçou.

A próxima Pré-Conferência acontece no dia 02 de dezembro, a partir das 14h, no centro Público de Economia solidária, e vai debater o Trabalho Decente no Setor Público, o Plano Municipal do Trabalho Decente em Osasco e a Educação como prioridade fundamental. Já a Conferência acontece em 12 de dezembro, no Centro de Formação dos Professores. 

Pelo Fim da Violência contra Mulher

A diretora Gleides Sodré aproveitou o encontro para reforçar a campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, que começou na quarta-feira, 25. Dados reforçam a importância da ação: entre janeiro e outubro deste ano, a Central de Atendimento à Mulher (180) realizou 634.862 atendimentos, número 56,17% maior que o do mesmo período de 2014 (406.515).

Dentre as ligações com relatos de violência, 49,82% corresponderam a casos de violência física; 30,40% de violência psicológica; 7,33% de violência moral; 2,19% de violência patrimonial; 4,86% de violência sexual; 4,87% de cárcere privado; e 0,53% de tráfico de pessoas. “Temos que nos unir no combater pelo fim da violência contra à mulher”, ressaltou a diretora.

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #13

Tradutor - Translator -Un Traductor