FIQUE SÓCIO!
Notícias
COMPARTILHAR

Receita adia prazo de entrega da declaração do IR para 31 de maio

Por Auris Sousa | 14 abr 2021

O contribuinte terá mais tempo para enviar a declaração do IR (Imposto de Renda). Isto porque a Receita Federal adiou o prazo final para entrega para o dia 31 de maio. A decisão foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira, 12, e não muda o calendário de restituição. 

Calendário de restituições não muda com novo prazo do Imposto de Renda [Foto: Agência Brasil]

Também foram prorrogados para 31 de maio os prazos de entrega da Declaração Final de Espólio e da Declaração de Saída Definitiva do País, assim como o vencimento do pagamento do imposto relativo às declarações.

“As prorrogações foram promovidas como forma de suavizar as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus (Covid-19). A medida visa proteger a sociedade, evitando que sejam formadas aglomerações nas unidades de atendimento e demais estabelecimentos procurados pelos cidadãos para obter documentos ou ajuda profissional”, disse o Ministério da Economia em nota.

Restituição 

O adiamento da entrega da declaração não altera o calendário de restituições. O contribuinte continuará a receber o reembolso em cinco lotes mensais, de 31 de maio a 30 de setembro.

Segundo a Receita, quanto antes enviar a declaração, mais cedo o contribuinte receberá a restituição. No primeiro lote, no fim de maio, terão prioridade os brasileiros com mais de 60 anos de idade, sobretudo os que têm mais de 80 anos, as pessoas com deficiência física ou doença grave e os contribuintes que têm o magistério como fonte principal de renda.

Os demais lotes serão pagos em 30 de junho, 30 de julho, 31 de agosto e 30 de setembro. Receberá primeiro quem tiver enviado a declaração antes.

Leia também:

Jornal Visão Trabalhista EDIÇÃO #08

Tradutor - Translator -Un Traductor